Sinopse #AOS Lesão Medular e Exercício Físico

Sinopse #AOS Lesão Medular e Exercício Físico

A lesão medular se caracteriza por dano à medula espinhal, podendo ocasionar uma ruptura total ou parcial dos nervos. A gravidade da lesão depende do local e do grau de acometimento das vias medulares, e pode resultar em disfunções sensório-motoras e autonômicas. Dessa maneira, quanto mais alto o nível e maior a extensão da lesão, menor será o condicionamento físico e a independência funcional do indivíduo.

No Brasil ocorrem mais de 10 mil novos casos de lesão medular por ano, sendo os acidentes automobilísticos e com arma de fogo as principais causas. No entanto, doenças pulmonares, cardiopatias, diabetes e tabagismo representam as principais causas de mortalidade nessa população. Indivíduos acometidos por lesão medular possuem baixo nível de atividade física, o que contribui para o desenvolvimento de doenças crônicas e dos desfechos negativos observados.

Sendo assim, a prática regular de exercícios físicos demonstra ter um papel fundamental na melhora da qualidade de vida e sobrevida dessa população.  

Não perca a aula da Profa. Dra. Gabriela Fischer na Atualização Online em Saúde (clique aqui) e aprenda um pouco mais sobre os aspectos relacionados à prescrição de exercício em indivíduos acometidos por lesão medular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *